sexta-feira, 26 de maio de 2017

[Resenha] Extraordinário (R.J. Palacio)

     
O livro Extraordinário conta a história de August Pullman, também conhecido como Auggie, que é portador de uma síndrome genética que deformou sua face. Por conta dela, o garoto passou por diversos procedimentos cirúrgico- que não melhorou sua aparência. O menino, que nunca frequentou uma escola, encontra-se diante da situação quando sua mãe acha que ter estudos com outras crianças fará bem para ele, porém Auggie e seu pai não concordam com a opinião da mãe por medo da reação das outras crianças.


Depois de várias conversas e tentativas, August acaba por concordam com a nova forma de ensino e vai para escola fazer uma visita, onde conhece o diretor de nome engraçado e nota que seu medo não se concretizou: ele não foi julgado pela aparência. Muito pelo contrário, o diretor o tratou normalmente! E, bem, existem situação diferentes dessa no livro...



A forma com a qual a história narrada pelo ponto de vista de August com o adicional do ponto de vista de outros personagens e o jeito de contá-la utilizando uma linguagem simples foi um grande acerto da autora R. J. Palacio. Podemos acompanhar a evolução desse incrível personagem durante sua jornada e, com certeza, podemos aprender muito com ele. Esse é um livro muito bom para refletirmos nossas ações para com os outros e ensinar para os mais novos que as diferenças devem ser respeitadas - sejam ela fisicamente visíveis ou não.


A adaptação cinematográfica de Extraordinário, com o título original de "Wonder" estreará no dia 13 de novembro desse ano nas telinhas americanas e chegará ou Brasil no dia 17 do mesmo mês, sendo dirigido por Stephen Chbosky, que foi o responsável pela direção da adaptação de "As Vantagens de Ser Invisível."





[Pensamentos] Dizem...


Dizem que temos os direito de ir e vir, mas na realidade temos que pagar por isso.
Dizem que somos livres para expressar nossa opinião, mas desde que não contrarie a maioria. 
Dizem que temos que ser verdadeiros e mostrar o que somos, porem em alguns ambientes temos que usar máscaras.
Não podemos expor o que achamos da maneira que achamos, temos que guardar a nossa opinião.
Somos todos controlados a agir em algum momento com falsidade, fingindo que está tudo certo, mesmo quando você sabe que está errado.
Somos indicados a ter ética e manter sigilo sobre situações que poderiam ser evitadas mas que não foram.
Dizem que o ser humano é falho, mas a verdade é ele só é falho porque ele quer, temos o poder da decisão e na maioria das vezes se escolhe o errado, seria por ignorância, falta de informação, acho que o nome disso é comodismo, nos acomodamos com a situação, nos acomodamos em sabe que é normal falhar, afinal errar é humano!!!

sexta-feira, 19 de maio de 2017

[Crítica] Minha opinião sobre a série Girlboss

No começo achei a série um tanto quanto estranha devido aos problemas da Sophia pode-se dizer que me espantei com as atitudes da garota (uma rebelde sem causa) mas com o tempo fui aprendendo a gostar do jeitinho dela de ver a vida, e apesar de ser muito azarada conseguiu dar a volta por cima em sua vida.

A série mostra um pouco sobre a dificuldade que passamos em conseguir fazer algo que amamos, geralmente temos que fazer o que não gostamos para poder um dia quem sabe conseguir o emprego dos sonhos ou ser donos do proprio negócio, assim como Sophia.

Talvez se ela não fosse desse jeito meio doida as coisas poderiam ter dado errado.

Gostei bastante da série, achei super rápida de assistir e adorei o estilo dela, ansiosa esperando uma próxima temporada!!


segunda-feira, 1 de maio de 2017

[Dica] 10 Coisas para se fazer no frio

Não é novidade para ninguém que eu amo o frio, melhor estação do ano, respeito a opinião de quem discorda, mas o frio é tudo de bom...



1. Dormir (é muito mais gostoso)

2. Assistir filme com pipoca

3. Ler livros

4. Passear

5. Tomar Café, Chocolate Quente e derivados

6. Namorar

7. Montar looks lindos

8. Tomar longos banhos quentes

9. Admirar paisagens lindas

10. Fazer nada :)