terça-feira, 13 de junho de 2017

[Resenha] Tudo e Todas as Coisas (Nicola Yoon)

Hello, sweeties!


Hoje vamos falar sobre Tudo e Todas as Coisas, livro de estreia da autora Nicola Yoon. Com o título original "Everything, Everything", ele ficou em primeiro lugar na lista de bestsellers do New York Times e se manteve nessa posição por 11 meses.


O livro conta a história de Madeline Whittier, uma garota de 17 anos que nasceu com Imunodeficiência Grave Combinada, uma doença rara que faz com que o organismo não consiga combater infecções. Por causa isso, Madeline vive isolada em sua casa extremamente protegida por filtros de ar e desinfetantes, tendo contato com sua mãe, sua enfermeira e, algumas vezes, algum professor que se arrisca a passar por diversos procedimentos para garantir a segurança da menina. Por mais que o modo de vida dela soe um tanto quanto entediante, a garota é muito grata e adora passar o tempo lendo e relendo os diversos livros que tem, sempre alegando que não querer mais do que possui, mas, mesmo assim, sonha com o mundo do lado de fora.


Sua vida passa por uma revira volta com a chegada de uma nova família que se tornam vizinhos dela. Esta família é composta por membros que chamam a atenção da menina - principalmente Olly, o filho mais velho do casal. Olly tenta fazer contato com a garota, mas a mãe dela o impede. Porém, os jovens começar a se comunicar pela janela de seus quartos e por e-mail. E assim se inicia esta história incrível.




 "Talvez nós não possamos prever o futuro, mas podemos prever certas coisas. Por exemplo, eu certamente vou me apaixonar pelo Olly. E é quase certo de que isso será um desastre" 



     

Tudo e Todas as Coisas pode acabar sendo julgado e indo para na pilha de livros que falam sobre jovens doentes e amor. E, sim, é sobre isso mesmo que o livro fala, mas também existem outros assuntos que são discutidos de um jeito mais simples e que te prendem de certa forma. E a história que começa sendo previsível, em algum momento, se torna algo diferente e hipnotizante.

E, para a alegria geral da nação, "Everythinhg, Everything" ganhou uma adaptação para os cinemas que estreou no dia 19 março nos EUA e chega ao Brasil no dia 15 de junho, tendo Stella Meghie como diretora e uma trilha sonora viciante!